Como transformar ideias em resultados e manter sua empresa no topo

O ambiente de negócios não é mais como era antigamente. Se você é empresário, está pensando em montar um negócio ou mesmo se trabalha como profissional de uma grande empresa esse post é para você.

Nos últimos anos, um conjunto de fenômenos como a hipercompetição, mudanças disruptivas, novas tecnologias e alterações sociais e geopolíticas tornaram o mercado absolutamente hostil. O ex-CEO da Intel, Andy Grove, dizia que “só os paranoicos sobrevivem”. O cenário atual apresenta enormes desafios para as grandes empresas e, por outro lado, abre interessante espaço para novos empreendedores. Nunca foi tão necessário inovar.

Dediquei os últimos 15 anos da minha vida para entender essa realidade e identificar o fator crítico de sucesso em condições de hipercompetição. Tive a oportunidade de, no início da minha carreira, ter vivenciado a inovação corporativa como gestor em uma instituição financeira. Sei bem como funciona a velha caixinha de sugestões!

Participei da montagem de uma startup selecionada pelo MIT para captar funding no boom das ponto.com pouco antes do mercado vir abaixo. Depois disso, investi meu tempo num mestrado em inovação de modelo de negócios, quando o tema não era mainstream. Em função do mestrado e da atuação como professor de estratégia em cursos de MBA, publiquei pesquisas sobre inovação em congressos nacionais e internacionais. Tive insights muito legais realizando trabalho voluntário de gestão para ONGs como Parceiros Voluntários e Instituto da Mama. Como investidor-anjo na aceleradora WOW e como mentor na Endeavor, vivencio os desafios do empreendedor e do investidor. Voltei ao MIT para estudar mais o assunto entre 2012 e 2014. Desde 2006, como sócio da Innoscience, consultoria especializada em gestão da inovação, participei de dezenas de projetos de inovação corporativa em grandes empresas, brasileiras e multinacionais como Coca-Cola, Boticário, Volvo, Sanofi, Grendene, Zoetis, ArcelorMittal e outras.

Minha hipótese é de que a inovação, incremental e disruptiva, seja o elemento decisivo para que uma empresa consiga atingir e se manter no topo. Aprendi que:

1. A inovação é um fenômeno organizacional e não tecnológico e vai muito além do produto, envolvendo diferentes aspectos do seu modelo de negócio.

2. As principais derrocadas da história empresarial recente envolveram a ausência da capacidade de se reinventar, vide os casos de Kodak, JH Santos, Banana Records e, alguns mais recentes, como Nokia e BlackBerry (RIM).

3. Os empreendedores que querem crescer e atacar os líderes tem maiores chances de êxito quando tem alguma inovação como os casos de WhatsApp, Uber, EasyTaxi, Linkedin, Skype, Salesforce.com e tantos outros.

4. As grandes empresas inovadoras performam muito melhor do que seus pares não inovadores.

5. A capacidade de inovar é algo que se aprende e que trata não apenas de ter novas ideias mas, principalmente, de leva-las ao mercado de forma exitosa.

E aprendi, acima de tudo, que nada disso é definitivo. Nesse espaço, quero conversar com vocês sobre novos produtos, estratégias inovadoras, casos de sucesso e fracasso. Compartilharemos ferramentas e melhores práticas. Contaremos a história de vencedores e também daqueles que estão no meio do caminho mas que tem ensinamentos úteis para todos nós.

Será um prazer estar em contato com os empresários, executivos e empreendedores gaúchos, abordando um dos temas mais relevantes para o sucesso da nossa sociedade em um momento tão desafiador. Para poder alimentar esse espaço conto com a participação de todos vocês.

Mandem suas dúvidas e opiniões. Compartilhem as suas experiências. Selecionem e enviem casos e histórias de produtos e empreendedores inovadores.

Esse será o nosso hub para fomentar empresas, profissionais e uma sociedade mais inovadora. Até a próxima inovação!

Maximiliano Selistre Carlomagno

Artigo originalmente publicado no Blog Mundo dos Negócios.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s