Os 4P’s da Inovação

Ao longo dos últimos anos vivenciamos a necessidade de discutir com nossos clientes o que é inovação para suas empresas. A inovação é um fenômeno complexo. Cada um vê uma parte.
Os marqueteiros focam inovações de produto, especialmente as fases de entendimento do consumidor e o posicionamento da nova oferta. Os financeiros querem logo saber os números, o fluxo de caixa descontado e as projeções de retorno do investimento para 5 anos. Os gestores de RH normalmente estão interessados nos aspectos culturais necessários para a inovação florescer. Os engenheiros focam o funcionamento e a viabilidade técnica. Visões funcionais míopes que não traduzem o desafio de inovar em sua completude.
Nessas discussões, algumas empresas optaram por orientações mais disruptivas enquanto que outras priorizaram visões mais incrementais. Dependendo do setor, a visão de inovação ganhava intensidade tecnológica ou gerencial.
Ter a clareza do que é inovação para sua empresa é uma tarefa fundamental para abordar o assunto de forma eficaz. Na Innoscience entendemos que inovação consiste em transformar novas ideias em resultado. É uma definição objetiva. Concreta. Usamos dois testes básicos para essa avaliação.
  1. É novo? Sim.
  2. Gera resultado? Sim.
Então é inovação.
Mas inovação é mais do que isso. Inspirado nos estudos de marketing definimos os 4Ps da inovação. Visões distintas e complementares do que é inovação.
  • Inovação é perspectiva: Inovação é uma mentalidade. Uma forma de ver o mundo. Quem acredita na inovação tem a certeza de que pode mudar as coisas de patamar por meio de sua atuação. Entende que as regras não são dadas mas criadas por quem inova.  Sabe que a  inovação é uma forma de ataque para se manter a frente dos demais e evitar que seja continuamente copiado.
  • Inovação é processo: A inovação não é um evento. É uma sequencia de atividades (inputs) para gerar resultados (outputs). Não é um episódio. Inovação como processo pressupõe entender inovação como algo continuado, sistemático, deliberado. O processo de inovação são as quatro fases – idealização, conceituação, experimentação e implementação.
  • Inovação é sobre projeto: Inovação é um projeto. Em algum momento do processo a ideia criativa irá se transformar num projeto. Com uma fase de descoberta e aprendizado (learning plan) e uma fase de execução. Independente do tipo de inovação e por consequência a ferramenta mais adequada de gestão do projeto, inovação sem projeto não anda.
  • Inovação é sobre pessoa: Não há inovação sem inovadores. Aqueles que ousam questionar. Que tem motivação pra mudar. Humildade para ouvir. Capacidade de aprender. Vontade de realizar. Por trás da inovação há alguém que lida com o processo e materializa a mentalidade. Há inovadores mais focados nas fases de criação da ideia e outros talhados para transformar a ideia em resultado.
No momento que “cai a ficha” de que não é mais suficiente dominar a operação, aumenta o número de executivos e empresas que busca abordar a inovação de forma gerenciada.
Para tanto, compreender o que é inovação de forma estratégica e estabelecer com clareza o que isso significa para sua empresa, é o primeiro passo.
Inovação é uma perspectiva que ocorre por meio de um processo que gera projetos que não existem sem as pessoas necessárias.
Até a próxima inovação!
 
Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s